quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Como é que se é fiel a uma pizza? Ou dá para viver numa situação de poligamia?

Imagem retirada da Internet

Sim, porque quem casa com uma pizza não pode ser monogâmico, ao fim do primeiro mês de casamento a “esposa” tem as bordas duras, está repleta de moscas e cheira a podre!

E segundo o futuro “noivo”, “é mais provável que o seu amor pela pizza seja mais duradouro do que aquele que alguma vez poderá vir a sentir por uma parceira de carne e osso” … Vá lá, é quase Natal, façam lá a boa acção do dia e digam ao jovem casadoiro, que numa relação com uma pizza, o que é duradouro não é o amor, é a gordura que fica alojada nas ancas e barriga!

Estes russos … quatro vodkas a mais e trocam-se todos!

13 comentários:

  1. Ele não vai ser parvo... vai para uma quatro-estações :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahaha ... faz sentido, assim tem numa o melhor de quatro! :)

      Eliminar
  2. Se escolher uma "portuguesa" tem o assunto arrumado :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem ... pelo menos o calórico tem completamente arrumado! :)

      Eliminar
  3. Agora fiquei a pensar... será que me posso divorciar e casar com um bacalhau à lagareiro? ahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahaha ... acho que sim! Este casamento é até que a sanita vos separe, por isso apenas tens que esperar algumas horas após a consumação para te atirares ao polvo! :)

      Eliminar
  4. Eu sou fiel a muita coisa mas pizzas é impossivel. Como raramente como, quando o faço, escolho sempre uma diferente do sitio donde encomendo.

    ResponderEliminar
  5. E viveram felizes para sempre, ou então até a pizza acabar ou apodrecer :p

    ResponderEliminar
  6. ahah adorei x) hilariante! Acho que ele vai literalmente comer a recente noiva.
    Beijinhos*

    http://nuancesbyritadias.blogspot.pt/

    ResponderEliminar