quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Ou vai, ou racha …

Tal e qual. Ou vai, ou racha! Chegou o dia do ponto sem retorno. Não sei se chegou só agora ou se implicitamente sempre existiu, porque quando decido dar um passo em frente raramente mudo de ideias. Mas agora a hipótese de recuar não existe. O “barco” já zarpou e nele claramente entrou um nervosinho miudinho, um ansiedade descontrolada, uma adrenalina desmesurada e uma vontade desesperante que os ponteiros do relógio não me façam esperar mais.
 
Se “cair”, sei que o que tenho de fazer. Levantar a cabeça, consolar a moral, ajustar ideias, ficar de pé e lutar até encontrar terra firme novamente. Se “vencer” … é um novo início, uma descoberta, um passeio por mares ainda não navegados.
 
Ai, que o raio do relógio está a pôr-me os nervos em frangalho! Mas enquanto olho para ele, teimoso e pachorrento, dou por mim a pensar que a vida é um jogo que não controlamos. Na realidade só podemos contar com as “cartas” que temos na mão, sabemos apenas o “jogo” que foi feito até agora, não sabemos se os outros “jogadores” fizeram ou fazem bluff e não sabemos qual será a próxima “jogada”.
 
Hoje, ou vai, ou racha. Conto apenas comigo e com o meu trabalho. E aposto tudo num jogo de mata-mata ... All in!

11 comentários:

  1. Pois que te corra como tu esperas. Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Timtim Tim. Correu bem. Beijinhos : )

      Eliminar
  2. Existem momentos em que precisamos, mesmo de agitar as coisas, porque permanecer no mesmo marasmo não é solução. O que for... será! Força e ânimo! Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada K. Hoje foi um desses dias. A coisa abanou, mas não rachou : ) Beijinhos

      Eliminar
    2. Obaaaaa! Obaaaaa! Obaaaaa! Ainda bem! E, de certeza, terá ficado muito melhor!
      ;)
      Beijinhos.

      Eliminar
  3. Conta comigo e com a minha solidariedade,afinal somos vizinhas;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, apesar de agora viver no Porto, o meu coração será sempre de Guimarães ;). Por isso, de vizinha para vizinha, obrigada Til :) Beijinhos.

      Eliminar
  4. As mudanças fazem parte da vida. São elas (mal ou bem) que nos fazem mudar de frequencia.
    Muita sorte para a tua...que tudo corra pelo melhor :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hoje foi um dia de virar a página e começar um novo capítulo … as primeiras “linhas” fluíram bem. Obrigada PeterPan :)

      Eliminar
  5. Boa sorte nesta nova fase!
    Por vezes, é ao arriscar que encontramos o que nos faz mais felizes. Permanecer sempre na zona de conforto não nos leva a lado nenhum... ;) coragem!

    ResponderEliminar