terça-feira, 26 de maio de 2015

Já que falo tanto deles … deixa cá ver se não sou pior do que eles

Esta “nova” (que de nova não tem nada) moda de criar um dia para tudo, algum dia teria que ter alguma vantagem. Hoje é Dia Europeu dos Vizinhos e o Sapo Lifestyle resolveu criar uma listinha que determina se somos ou não bons vizinhos:  

Receba os vizinhos novos. Começo logo mal! Nunca fiz nenhuma festa de recepção ou sequer ofereci um bolinho de boas-vindas.

Cumprimente. Sempre, cumprimento sempre, mesmo o camafeu que vive no 1º andar, que nunca responde a um “bom dia” ou mesmo a um singelo “olá” e olha para mim com cara de: “olha, a provinciana a tentar meter conversa comigo!”.

Expresse as suas opiniões nas reuniões de condomínio. A minha opinião limita-se ao “tenham calma e vamos lá chegar a um consenso, que já são quase duas da manhã e ainda não se resolveu nada” ou à famosa frase “minha senhora, as áreas comuns do prédio não é o local mais apropriado para guardar os seus tapetes”.

Evite falar da vida alheia. Aqui falho redondamente e a tag “vizinhos” deste blogue é a prova disso.

Separe amigos de vizinhos. Estão mais bem separados, do que o lixo nos ecopontos e só se cruzam por acaso do destino nos elevadores e na garagem.

Cuide do bairro. Esta é ambígua. Não levo o cãozinho (porque não tenho) a adubar o jardim do prédio, mas limpo a minha varanda (que serve de cinzeiro ao vizinho de cima), não sujo partes comuns do prédio e paro o carro sempre na minha garagem. Acho que cumpro os requisitos mínimos.

Brincadeiras em grupo. Lamento, mas não alinho em coboiadas!

Espírito de boa vizinhança. Acho que tenho! Correr o risco de levar uma bengalada da minha vizinha (nesta situação) serve como prova disto mesmo.

5 pontos em 8! Dá para passar sem ir a recurso [eu já não sou do tempo de ir à oral!]
 
Imagem retirada Internet
 

26 comentários:

  1. Passaste com distinção! Brincadeiras em grupo está o máximo...que tipo de brincadeiras hein? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Diz que envolve festas e aconselham a supervisão das crianças ... na dúvida, não contem comigo! ;)

      Eliminar
  2. Ora deixa cá ver, acho que passo à rasquinha :)
    Isso das brincadeiras em grupo também me deixou a pensar... Será o quê? Quarto escuro? Médicos e enfermeiros? Papás e mamãs? Apanhada?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahaha ... acho que deve ser a apanhada. Se apanho quem deixa o lixo no elevador, não sei o que lhe faço! ;)

      Eliminar
  3. Eu como moro numa vivenda é sempre mais fácil viver com a questão dos vizinhos, pois não tenho nenhum a não ser na casa ao lado que nem é colada à minha... Daí ter um certo receio em viver num apartamento, pois acho que não ia cumprir lá muito bem esses requisitos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sortuda! Eu vivo num "caixotinho" ladeado por dois vizinhos! :)

      Eliminar
  4. Acho que estás mais à frente que muita gente!!!
    eu já desisti de dizer bom dia a um dos vizinhos....depois de andar a roubar-me acho que é plausível!
    de resto vizinhos nem vê-los!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ui! Os teus são piores do que os meus.
      Quer dizer ... no meu prédio já houve um caso de roubo de lenha, mas não foi nada de muito "complicado". A pessoa em causa pensava que aquilo não tinha dono .... e era self-service. :)

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Sou pelo menos uma vizinha educadinha ... no resto sou q.b. ;)

      Eliminar
  6. Isso de vizinhos ,bolo de boas vindas ,amigos e brincadeiras em grupo comigo não combinam ,acho que és bem melhor vizinha do que eu :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nop ... em brincadeiras de grupo, eu também estou fora! :)

      Eliminar
  7. A verdade é que infelizmente, principalmente nas grandes cidades, ser vizinho já não é como era há 20 anos atrás. Aquele a quem ías pedir açúcar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade. Agora mal sabemos quem é que temos ao lado.

      Eliminar
  8. Isso dos vizinhos dá pano para mangas. Não sei se sou bom vizinho. Talvez seja numas coisas :) Mas também não vou muito à bola com os meus!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os meus davam excelentes "personagens" para um reality show! :)

      Eliminar
  9. Só tenho um vizinho e raramentenosvemls. Os meus vizinhos da ginástica, se assim posso chamar a quem dá uns pulinhos à mesma hora, palavra qje ainda ontem disse ao mê senhjor que vou ter de cum
    Primentar mais a.to a ver s eentendem...
    Entram e vão para os seus lugares passam por quuem está e não abrem o bico, para cumprimentar quando pasam.
    Kis :=>)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dá a sensação que somos invisíveis ... ou são eles que têm que mudar de óculos ou lentes ;)

      Eliminar
  10. Muito bem :))
    Eu cá não tenho esse problema dos vizinhos, moro numa vivenda com muro à volta :)) Xô vizinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais uma sortuda! Essa do muro alto dava cá um jeitão ... a gata da vizinha passa mais tempo na minha varanda (e casa) do que na casa dela! :)

      Eliminar
  11. Nada de coboiada nem oral...és mesmo provinciana (como acha o teu vizinho com quem tentas desesperadamente meter conversa)!!!!
    Lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahaha ... sou mesmo! "Dar à língua" com a vizinhança é o meu limite! :)

      Eliminar
  12. Ui, vizinhos... Antes queria não os ter...

    ResponderEliminar
  13. Se uma pessoa não pode falar na vida alheia, vai falar na vida de quem?
    É que da nossa vida falam os senhores "alheios", logo, nós falamos na vida deles e ficamos empatados. xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente! Acho que posso considerar que é um empate técnico :)

      Eliminar