sábado, 4 de julho de 2015

#5 Num pulinho estamos lá …

… ao nível das gaivotas!

Com 76 metros de altura e estilo vincadamente barroco, a Torre dos Clérigos foi durante anos referência para a navegação e “sinalética” para os comerciantes que esperavam o “valor da mala real” (embarcação que trazia de Londres o dinheiro e as letras de câmbio) ou o tiro da meia hora (uma engenhoca fazia disparar o gatinho de uma pistola pontualmente ao meio-dia).

Depois dos 240 degraus (em escada em espiral) somos brindados com um vista magnífica. Vá, que cara é essa? A vista vale a pena e despois de comer uma francesinha a subida à Torre é uma excelente forma de “desmoer” a iguaria portuense!    

 

14 comentários:

  1. Esqueceste de mencionar a Torre de Pizza (segunda foto). ahahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahaha ... já tinha reparado nisso, acho que Torre está inclinada a mudar de nome. Ou então não, e é só por culpa da fotógrafa :P

      Eliminar
  2. Gosto muito da cidade do Porto e conheço mal.
    Fotos giras...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens que dar cá um "pulinho", há muito para ver! :)

      Eliminar
  3. Adoro o Porto e conheço tão mal. Um dia destes dou lá "um pulinho" :)

    ResponderEliminar
  4. Bloqueei nos 240 degraus... Eu sempre quis subir na vida, mas com menos esforço sff;-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahahaha ... garanto-te que não custa tanto como parece! Mas podes sempre apanhar o elevador ... e a "ascensão social" é muito mais rápida! ;)

      Eliminar
  5. Já subi à Torre dos Clérigos, gostei mas foi um pouco claustrofóbico!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A escada é um bocadinho estreita, mas agora eles criaram, ao longo da subida, uma exposição ... e sempre dá para "respirar" um bocadinho! :)

      Eliminar