quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Dizem que ninguém leva a mal …

Que são só três dias. Que já não é o que era. Que aquilo não é samba. Que as miúdas se constipam. Que a sátira já não é acutilante. Que as (boas) matrafonas estão em extinção. Que é muita confusão. Que é só para as crianças … Digam tudo o que quiserem e mais um par de serpentinas e um punhado de confetis, mas eu ADORO.

Adoro o Carnaval e todo o ambiente que se vive. Adoro as brincadeiras, as piadas, os comentários jocosos, as observações “pertinentes” …    

(1) - Já viste o Costa naquele carro? Traz a tenda montada!
(2) - Isto é a versão portuguesa. São os 50 impostos do Zé Povinho e Mr. Rabbit está pronto para a sequela.
(3) - O Coelho está com tanto frio, que nem sai da toca!
(3) - Colocaram-lhe uma pilinha ou aquilo é uma vagina … epá, é tão pequenina!
(4) – Ai, Merkel … o torpedo é grande e já não entra.

Carnaval em Torres Vedras
Na Figueira da Foz, a crítica à actualidade também está presente, mas os olhos “fogem” para as indumentárias (ou para a falta delas). Uma das frases mais recorrente é “para onde é que estás a olhar?”. E a resposta, “não estou a olhar para lado nenhum” só pode ser verdadeira, se o homem em questão resolveu “vazar as duas vistas” com o bilhete de entrada. Toda a gente olha e olha duas vezes para ter a certeza se é verdadeiro e de qualidade … o samba, claro está!
 
Carnaval na Figueira da Foz
 

5 comentários:

  1. Quando era miúda adorava, entretanto deixei de me mascarar e aí passei por uma fase em que me era indiferente, depois fui mãe e passei a vibrar outra vez com o Carnaval pela alegria que proporciona aos meus filhos. :)

    ResponderEliminar
  2. Aos anos que não faço parte de qualquer festejo de carnaval.
    Pensando bem... para carnaval basta a minha vida!

    ResponderEliminar
  3. Eu não me mascarei, mas acho piada ao Carnaval e gosto de ver o desfile na cidade :)

    ResponderEliminar
  4. Não sou nada de festejar o carnaval

    Isabel Sá
    https://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar