terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Vamos adoptar o deadline?

Por favor, vamos!!! É que prazo de entrega é pouco ameaçador.

O desgraçado até ocupa espaço, “prazo de entrega” são três palavras, destacam-se quando são escritas num e-mail e tudo o mais. Mas não é suficiente. E não me venham com sugestões de colocar em negrito, sublinhado, com um toquezinho de itálico e numa corzita diferente para dar vida e ânimo à tarefa … porque não adianta!!!!

Prazo de entrega tornou-se uma “coisa” meramente indicativa para algumas cabeças. Elas lêem, mas as três palavrinhas são interiorizadas como o prazo de validade do pacote de bolachas Maria. Diz “comer de preferência até 12/05/2012”, estamos em 2015, mas elas continuam a achar que vão muito a tempo de enfardar o pacote por inteiro, sem sofrer qualquer tipo de dano colateral.

Não percebem que a data era para ser comprida como se tratasse de um deadline … uma linha limite, a partir da qual o trabalho teria que estar feito, caso contrário … capute!

Estou há um mês à espera. Já mandei o e-mail “sei que não andas a trabalhar, acorda”, o e-mail “já mandavas o trabalho feito”, o e-mail “continuo à espera”, o e-mail “assim que lhe seja possível entre em contacto comigo” … e agora acabo de enviar o e-mail “em tempo útil” … em tempo útil espero receber resposta e apetecia-me escrever em maiúsculas POR TEMPO ÚTIL ENTENDA “ANTES DE EU ME REFORMAR”. OK???
 
Imagem retirada da Internet
 

10 comentários:

  1. Isto é uma doença incurável. O raio do "tuga" é o ser mais relaxado deste mundo e arredores. Eu fico capaz de roer as unhas dos pés, quando me falham um praso, ou a hora de um compromisso.
    Mas porque raio é que esta gente anda de relógio no pulso, se para eles 9 horas é o mesmo que serem 8? Não percebo. Mas isto sou eu, que também não entendo a mania de algumas pessoas meterem o despertador para as 8 horas, para poderem ficar na cama até às 8:20. Não faz sentido. E eu não gosto de me levantar cedo... mas passei a vida a levantar-me de madruga e em quase 100 anos de vida (lol), podem-se contar pelos dedos de uma mão, as vezes que cheguei atrasado ao emprego. :/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta é o pacote completo. Chega sempre atrasada, nunca entrega nada a tempo e depois quer tudo pronto para ontem. Sinceramente, eu acho que usa o relógio só para fazer "pandã" com o resto da roupa e acessórios. ;)

      Eliminar
  2. Se isso acontece comigo começo logo a panicar... Na minha área, jornalismo, os deadlines são inevitáveis e não gosto nada de ficar com algo pendente à espera de que o outro alguém se lembre de acordar para a vida lol

    Força nisso ;)

    ResponderEliminar
  3. Respostas
    1. É mesmo! Deixa tudo para a última hora, minuto e segundo! :)

      Eliminar
  4. Por gostar de cumprir deadlines e isso nem sempre depender apenas de mim é que me dão fanicos todos os dias. Um dia destes corro tudo à chapada... :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É que depois querem tudo para ontem ... cá nervos!!!! :))

      Eliminar