terça-feira, 21 de abril de 2015

#1 Se a vida fosse um filme, esta seria a banda sonora ideal para ...

… destinos que ficam no cú de Judas e que nem o sistema de GPS sabe muito bem onde está. Naquele momento em que ouvimos a vozinha simpática e calma do GPS dizer “agora vire à direita” e à direita temos um lago … devia começar a tocar isto:

Às vezes não sei o que queres e digo ok [Tens a certeza? Ok, vou virar!]
Às vezes não sei o que faço e tu tá bem [A calcular novamente a rota]
Às vezes fazes de propósito, eu sei [podias ter avisado mais cedo … sabes que sob pressão confundo a direita com a esquerda]
Uma vez não são vezes e eu não digo a ninguém [o que acontece com GPS fica entre mim e o GPS]

Sei que às vezes eu não estou do teu lado [Nop, essa estrada é em terra batida … não viro]
E não te ligo por estar muito ocupado [Ainda tenho que ir ao supermercado … Ah? Era para virar onde??? Bolas!]
Tu não mereces eu deixar-te nesse estado [A calcular novamente a rota]
Desculpa não ser esse príncipe encantado [vou a conduzir … mudar de sexo a esta hora é complicado!]
Quando não respondo, não sei porque é que me escondes que sabes [Não seria mais perto por ali?]

Que sou teu, mas queres um romance apertado [Custava avisar que esta estrada é de curvas apertadas?]
Às vezes é um sufoco, outras vezes fico louco [chata, não tarda nada, desligo-te!] e dizes
Não tens razão para te sentir enganado [diz isso ao cinto, que me vai aqui a segurar]
Eu sei que me contas coisas que não contas a mais ninguém [… devia estar distraída quando contou!]
E perguntamos ao tempo quanto tempo o tempo tem [meia hora até ao destino final]
Passam, horas, dias, choras, eu sei que está tudo errado dizes [A calcular novamente a rota]


 
Eu sei … mas um de nós tem que ir ganhar para o combustível, que gastamos nestes pequenos erros de viragem … Ok!



22 comentários:

  1. Hehehe...essa música aplica-se à muitas situações da nossa vida :)

    ResponderEliminar
  2. Nina, Ok, está bem, eu sei..a vida não está fácil mas há sempre alguns momentos encapsulados que nos divertem.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que remédio temos, caso contrário isto seria uma pasmaceira :)
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Uma tradução divertida da música! Gostei!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Passa tantas vezes na rádio, que algum dia iria passar no momento certo … e assim "nasceu" mais um post! :)

      Eliminar
  4. Essa tá boa ;)

    Tens um desafio lá no blog caso queiras alinhar nisto dos desafios ;)
    http://so_risoincognito.blogs.sapo.pt/desafio-liebster-award-666023

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, mas já respondi a esse desafio. :)

      Eliminar
  5. É por isso que não tenho GPS (já vi por aí alguém escrever "JPS" eheheh). Continuo a orientar-me pelas árvores e pelos prédios. ahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ali terias muitos pontos de orientação. Entre eucaliptos, carvalhos e pinheiros ... era o paraíso dos pontos de orientação. :)

      Eliminar
  6. Eu tinha atirado o gps ao lago, mas gostei da história contada através da música!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vontade não me faltou, mas depois tinha que arranjar uma boa desculpa para o facto de apresentar um GPS afogado ... e achei melhor ficar quietinha ;)

      Eliminar
  7. Visto por este prisma tem imensa piada :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já que estava perdida, tinha que me divertir com o facto :)

      Eliminar
  8. Respostas
    1. Já que o GPS sofre, agora tem uma música só para ele :)

      Eliminar
  9. Respostas
    1. Agora sempre que ouço a música lembro-me do GPS! :)

      Eliminar