quarta-feira, 21 de outubro de 2015

“Receita” diária dos últimos 3 dias, após o forrobodó do fim-de-semana …

1º passo: Evite espelhos.

2º passo: Pincele a “fronha” com base suficiente e polvilhe-a com qualquer tom que lhe retire aquele ar amarelado das bochechas e avermelhado “tipo rena Rodolfo” na zona do nariz.

3º passo: Prepare-se para beber mais líquidos do que um camelo.

4º passo: De 4 em 4 horas engula uma patela (as pessoas normais chamam-lhe comprimido).

5º passo: Coloque em ramequins, taças, carteiras, bolsos, enfim qualquer sítio que esteja a jeito, lenços.

6º passo: Repita o processo diariamente até deixar de sentir a sensação “dói-me o corpo todo”, “repita, porque o tico foi espirrar e o teco está em tosse convulsa” e “estou com febre ou está aqui muito calor … tipo calor de África?”.

Dica: Evite respirar como um Darth Vader … isso assusta as pessoas sensíveis!
 
Imagem retirada da Internet
 

22 comentários:

  1. Isso está assim tão bom? Grande forrobodó ;)
    As melhoras!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está óptimo, vai para aqui uma festa de micróbios que tu nem imaginas! :)
      Obrigada :)

      Eliminar
  2. Mas foste para a festa ou estás constipada???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fui para a "festa" e voltei acompanhada por uma constipação ... tenho que começar a escolher melhor as minhas companhias! ;)

      Eliminar
  3. Uiii isso está complicado!! Força aí!! :)

    ResponderEliminar
  4. A receita de que estava a precisar! Thanks!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já vi que sim, que tu também foste atacada!
      As melhoras :)

      Eliminar
  5. E são mais sintomas de atropelamento por um comboio. ahahah

    R: A aprendizagem dos cães, depende mais da atenção dos donos do que dos próprios cães. Eles estão sempre à espera que lhes mandemos executar tarefas. É preciso estarmos atentos e aproveitar as posturas naturais para que, através de recompensas, eles perceberem o que é que foi premiado.
    A minha sacode-se quando lhe aponto o dedo e digo: sacode. O processo de ensino foi simples: toda a vez que lhe passava a mão na cabeça, em sentido contrário ao correr do pelo, ela sacudia-se. Aproveitando essa característica, comecei a fazer de propósito e antes dela ter tempo de se sacudir, dava-lhe a ordem e a seguir um biscoito.
    Demorou 10 minutos a perceber. ahahahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sinto-me assim. Acho que o Alfa passou duas vezes por cima de mim e ainda deu uma voltinha extra por conta da casa! :)

      Parece-me que também ajuda ter uma cadela inteligente ... e chamar-se Nina é um ponto a favor dela! ;)
      O meu cão era esperto, mas era pouco dado a fazer-me a vontade, enfim!

      Eliminar
  6. Ui, isso por aí está mau! Que andaste a fazer mulher? :P
    As melhoras :))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Andei a "laurear a pevide" e deu nisto ... estou podre!
      Obrigada :)

      Eliminar