quarta-feira, 25 de março de 2015

A sério??? Isto agora é como peças de dominó …

Não gosto de viajar, eu ADORO como todas as letras e se pudesse até pedia bis. Mas há uma pequena coisinha, uma coisinha com asas que parece uma latinha de conserva, que leva toda a gente apertadinha entre bancos e que entre ontem e hoje resolveram voltar a cair como moscas inválidas … a porra do avião. Não gosto. No limite, odeio.

Não gosto de ter que ir ali contraplacada entre o meu banco e o banco da frente. Não gosto dos poços de ar, que me proporcionam constantes check-ups cardíacos. Não gosto da vista monótona (nuvem, nuvem, nuvem, céu limpo, fura nuvem, nuvem, nuvem, céu limpo outra vez). Não gosto de ficar colada ao banco, sempre que o avião levanta voo. Não gosto da mini-comida que servem. Não gosto das estatísticas (estúpidas), que dizem que “morrer a voar é tão improvável como ganhar o Euromilhões” (hello … leiam as manchetes de hoje!).

Mas … começo a gostar das aterragens e das palminhas que tão efusivamente a malta bate, enquanto pensa “o ‘bichinho’ aterrou no sítio certo e eu ainda estou inteirinha para contar a história”.

28 comentários:

  1. . não imagino como se recebe uma notícia desta natureza, eu sei, em tudo igual a um acidente de viação, mas as imagens do local e pensar na aflição daquelas 150 pessoas, dá uma agonia. e eu também gosto tanto de viajar, apesar do aperto...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não quero imaginar o que eles sentiram durante aqueles 8 minutos ... 8 minutos com um avião em queda livre ... não há palavras!

      Eliminar
  2. Isso é porque nunca viajaste em executiva :P (esta sou eu a meter-nojo...)
    A história do euromilhões é verdadeira, nem nunca cai num avião, nem nunca ganhei o euromilhões... (esta sou eu a dar-te apoio moral ;))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahaha ... obrigada, mas em executiva o avião cai na mesma! ;))) Mas percebi a intenção :)

      Eliminar
    2. Pois cai... mas cais em grande estilo! Ahahahahahah :D
      P.S. Não me leves a mal, mas eu gosto de humor negro...

      Eliminar
    3. Já que é para ir, que seja em bom e em primeira! :D

      P.S. Também gosto, mas não digas a ninguém ... shiuuu! ;))))

      Eliminar
  3. Apesar de adorar viajar e de o fazer pelo menos uma vez por ano, cada vez tenho mais receio de andar de avião... principalmente desde que fui mãe. Fico sempre com uma angústia enorme e a pensar que não posso partir deste mundo sem criar a minha filha primeiro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imagino. A minha situação é completamente diferente, mas quando aterro, a primeira pessoa a quem obrigatoriamente eu ligo é sempre a minha mãe ... só assim ela fica completamente descansada.

      Eliminar
  4. Também não gosto da parte do avião e os ares lá de cima... é coisa para me deixar claustrofóbica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São horas que passamos (desperdiçamos) ali enlatadas ... definitivamente não nasci com espírito de sardinha em lata :P

      Eliminar
  5. Eu gosto de andar de avião, na parte da descolagem e da aterragem e de ver as nuvens, mas ao fim de algum tempo a ver nuvens também me aborreço e quero que o avião chegue ao sítio direitinho e rapidinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A paisagem é extremamente monótona e quanto mais rápido, melhor ... até porque não consigo dormir no avião. É uma seca pura, que ali passo. :)

      Eliminar
  6. Nem me fales... que volta e meia fico sozinha porque o m-R viaja em trabalho - para a Alemanha!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando são os outros é ainda pior ... estou sempre a olhar para o telemóvel.

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Eu não queria ... mas ele instala-se sorrateiramente! :\

      Eliminar
  8. É a pensar nas pessoas que não gostam de ficar "contraplacadas", nem de ficar "coladas ao banco", que de vez em quando os pilotos fazem a vontade aos passageiros e os espalham numa érea superior a 10 campos de futebol. eheheheh

    E as estatísticas estão certas. É muito raro alguém morrer a voar (só se for de doença súbita eheh). Eles morrem precisamente por não terem conseguido voar quando o avião começou a cair. eheheh

    Epá, é muito mau estar a brincar com isto, numa altura destas, em que um avião com 150 pessoas a bordo acabou de cair, após andar 8 minutos a perder altura. :/

    ResponderEliminar
  9. Eu sou do contra, gosto de andar de avião, gosto de ver o mundo lá de cima, de voar como um pássaro, de levantar voo e de aterrar sã e salva. Gosto que o avião me leve rapidamente para os sítios onde quero ir. Imagina as probabilidades de morrer numa viagem de carro de 4000 kms ou por aí assim...
    Mas tens razão, é de pensar duas vezes, andam a cair muitos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Andam a cair MESMO muitos!!!! E eu gosto da parte "rapidamente para os sítios onde quero ir" ... é mesmo a única razão para eu entrar num. :)

      Eliminar
  10. Respostas
    1. O problema é que por terra demora-se muito tempo ... e contrafeita lá entro eu num avião para mais uma voltinha.

      Eliminar
  11. Compra uma bicicleta. Ao menos se caíres, o pior que te pode acontecer, é uma esfoladela nos joelhos. ahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahaha ... e a probabilidade de isso acontecer é maior do que eu ganhar o euromilhões.

      Eliminar
  12. Olá, Nina!
    É uma boa forma de você dizer brincando que tens paúra de voar!
    Gostei da ideia da bicicleta!
    Abraços!

    VitorNani & Hang Gliding Paradise

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais vale brincar! :)
      A ideia da bicicleta é óptima, mas ... minhas ricas pernas! ;)

      Eliminar