sábado, 28 de março de 2015

Há filhos que esticam a corda … mas há pais

Eu sei que isto de ser treinador de bancada é sempre mais fácil do que ser o oficial, mas mesmo assim existe uma coisa chamada bom senso e outra educação.

Uma “criança” (com cerca 12 anos) liga ao pai a informar (leram bem, não foi a pedir, foi a informar), que depois do cinema ia jantar com os colegas e remata esse mesmo telefonema com “agora esta era a parte em que dizias que sim” … eu pensei: a miúda estica-se e muito.

Quando a mesma “criança” chega junto dos colegas e diz “ele disse que ia pensar, mas é claro que vai dizer que sim” … eu só pensei: se és assim com 12 como será aos 21.

Quando ela andava toda contente de iPhone na mão a dizer as notas a todos os colegas, acrescentando sempre “só, só tiveste 3 a inglês, só!” ou “só tiveste 4 a português, só?!?!” … eu deixei de pensar e comecei a ter uma certa vontade de lhe enfiar o iPhone pela goela abaixo.

Mas depois surpresa das surpresas, ouço o único pai que estava a tomar conta do “rebanho” a dizer: “não se preocupem com as pipocas que caem ao chão, porque a emprega está cá para limpar!” … pois, deve estar deve e vai agradecer ter que limpar um “tapete” de pipocas. Se calhar a função das pipocas também deve ser essa, ir parar ao chão e não à boca … quem sabe? [Por favor, digam-me que isto não é normal!]

P.S. Já agora o filme era “Loucuras no México” e aquilo foi um versão rasca e com ainda menos piada, do que o último filme da “Ressaca”.

18 comentários:

  1. Há adolescentes hoje em dia que simplesmente me assustam...mas também sei que é um pouco culpa dos pais!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Problema é que os adolescentes de hoje são os adultos de amanhã e com exemplos deste tipo ... teme-se o pior!

      Eliminar
  2. Há uma expressão (eu adoro provérbios e expressões lol) que explica a atitude desses papás:
    Quem dá o que tem, a mais não é obrigado.
    Nem vou "bater mais no ceguinho", porque mesmo que este comentário lhes chegasse, duvido que eles o entendessem.
    Só é pena que daqui por uns anos, um desses jovens traumatizados pelos problemas da vida real com que nunca tiveram contacto, estampem um avião contra uma montanha e tirem a vida a pessoas inocentes. :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito provavelmente não entenderia ... ele não entendeu o olhar reprovador de uma sala de cinema, nem mesmo quando uma pessoa resolveu chamar a atenção para o facto de um dos miúdos estar a deitar (de propósito) lixo (o papel do chocolate e rebuçados) para o chão.

      (E eu que pensava, que era eu que tinha a mania de usar provérbios e expressões :P)

      Eliminar
  3. Filho és pai serás...
    Sociedade do futuro
    Kis:>}

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente é isso mesmo e só me ocorre dizer: M-E-D-O. Uma sociedade em que não se respeita nada nem ninguém ... não é uma sociedade, é uma selva.

      Eliminar
  4. Não, isso não é, ou pelo menos não deveria ser, normal. O pai é uma besta, enfim. Da miúda já nem falo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O pai não só deu um mau exemplo ao filho dele como ao filho dos outros ... mas o pai da miúda também deve ser uma boa peça!

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Dentro daquela cabeça deve ser uma corrente de ar ... completamente oca! ;)

      Eliminar
  6. Estou como tu, treinador de bancada. E nem gosto de falar muito alto algumas coisas, porque nunca se sabe muito bem o que nos irá sair na rifa... mesmo assim, e para além da atitude dessa pré-adolescente, sem dúvida alguma, esse pai é o reflexo de muita gentinha que, infelizmente, povoa o nosso país.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode ser o meu terrível mau feitio, mas aquele discurso "eu sou melhor do que os outros" e "os outros nasceram para me servir" ... é insuportável, independentemente da idade.

      P.S. Tens razão, nunca sabemos o que nos pode calhar na rifa e infelizmente há pais que educam bem os filhos e eles … simplesmente saem “tortos”.

      Eliminar
  7. Sou mãe de dois e não posso falar muito que educar um filho é coisa para doutorados hoje em dia, mas há coisas que não consigo aceitar que é não se ensinarem o valores. Respeito pelo outro e um pouco de educação e um não de vez em quando nunca fizeram mal a ninguém. Enfim...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida! Para mim aquilo é pura falta de respeito e aquela miúda ... não sei o que vai naquela cabeça, mas de certeza que é algo de muito errado.

      Eliminar
  8. Já estava a voar uma lambada... uma lamparina, um berro!
    Criancinhas parvas páh! :/

    ResponderEliminar
  9. Essa manada tem um bom pastor, tem... xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahaha ... não admira que haja ovelhas tresmalhadas no grupo! ;)

      Eliminar