terça-feira, 3 de março de 2015

Pediu e já 13 se chegaram de peito à frente …

… literalmente, porque parecendo que não, o “imprescindível” do anúncio significa isso mesmo. Só quem tem mamas é que vai conseguir passar na entrevista de emprego. O requisito “vontade de trabalhar” deixa a dúvida se é na horizontal ou na vertical e “alguma experiência” … bem, espera-se que seja a fazer cocktails e não a fazer outras coisas.
 
E o “enviar e-mail”? Será que é para enviar o curriculum vitae? Um curriculum composto por fotografias de frente e perfil, as medidas tiradas por uma modista (porque há que ser rigorosa nestas coisas) e mais duas cartas de recomendação ...

Se o “material” é ainda o de origem, a carta pode ser assinada pelos paizinhos, que confirmam e validam a qualidade da arquitectura do monumento e a moldagem das poitrines. No caso de ser já material, que foi alvo de recauchutagem e levantamento, a equipa de cirurgiões plásticos … lá terá que se chegar à frente e garantir que o silicone não é do tipo bombástico e que não há perigo de uma mama explodir durante o horário de expediente.

Epá, o mercado laboral em pleno século XXI está cada vez mais exigente e discriminatório … já nem se pode ter mamas descaídas e de copa B, que somos logo ultrapassadas pela Maria Mamalhuda.
 
Notícia AQUI
 
 

18 comentários:

  1. Naaa...isto é real??? Bem, se estivesse interessa em mudar de vida já podia riscar este anuncio...falta-me o "muito peito" :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo real. O anúncio foi publicado num jornal nas Astúrias. :)

      Eliminar
  2. Respostas
    1. A ler as "gordas" do Jornal Observador on-line :)))

      Eliminar
  3. Respostas
    1. É mesmo a sério! Quem não tem peito está out ;)

      Eliminar
  4. Se fosse para uma leitaria, ainda se compreendia o pormenor do peito. Agora não estou a ver o pessoal frequentador de bares, ir para a night à procura de leite fresco. eheheheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahaha ... os trocadilhos que se podiam fazer com "leite fresco" (esta minha dirty mind não tem emenda!) :)))

      Eliminar
  5. Não...não me digas que isso é real!
    Kis :>}

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É completamente real e a brilhante ideia saiu da cabeça de um espanhol. :)

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Eu até diria, que neste caso ... há com cada duas ou com cada par ...! ;)

      Beijinhos :)

      Eliminar
  7. Esse é o tipo de anúncio que levanta logo polémicas e devia ser alvo de críticas de descriminação e objectivação da mulher.
    Mas no país de brandos costumes... por vezes indignam-se com outras pequenas coisas.
    Eu acho que esse tipo de selecção existe, é visível em grande parte dos lugares que têm jovens lingrinhas com ou sem peito a trabalhar. MAS JAMAIS deviam colocar um anúncio desses. Decerto que vai contra umas tantas lei de igualdade

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O anúncio foi colado num jornal em Espanha e posteriormente foi retirado devido à controvérsia que gerou.

      E infelizmente a realidade é esta. O aspecto físico (de homens ou mulheres) é cada vez mais valorizado, principalmente quando se tratam de postos de trabalho, que lidam directamente com o público. Implicitamente todos os anúncios de emprego têm este critério (talvez não tão delimitador) presente.
      Este pode ser acusado de muita coisa, mas pelo menos foi verdadeiro. Contrata exclusivamente com base no critério físico.

      Eliminar
  8. Tu és mesmo má língua, o que estavam a pedir com tamanho requisito, era uma pessoa de bom coração, tão bom e tão grande, que lhe inchava a caixa torácica ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora é que vais dizer que eu sou má língua ... é que eu acho que ele queria inchar, mas não era a caixa torácica ... era algo mais nas partes baixas ;)))

      Eliminar