terça-feira, 31 de março de 2015

E esta, hein? Profissão: “avaliador de bordéis”

Lembrem-se que ainda estamos a 31 de Março e por isso não é brincadeirinha de 1 de Abril. Isto é mesmo verdade!


Tem de ser licenciado em hotelaria, fluente em línguas, ter um bom palminho de cara, ser jeitosinho de corpo, ser comunicativo e gostar de trabalhar com pessoas [eu acrescentaria em diferentes posições, mas isto é a minha má língua].

Soma-se a experiência de vários anos em bordéis na condição de visitante [como é que se faz prova disto?!]. A prática de sexo seguro como procedimento obrigatório [baixas médicas são más para o negócio] e a especificação de que as relações sexuais são apenas uma parte do trabalho. Isto é à vontade, mas não à vontadinha … trabalho é trabalho, conhaque é conhaque e o “avaliador” está lá para poder pontuar e não poder com F.  

E já agora! Se alguém estiver interessado neste emprego (inovador) de controlador de qualidade … 150 já se candidataram, mas ainda há vagas.
 
Imagem retirada da Internet

21 comentários:

  1. Valha-me Deus!! Isto é daquelas coisas que se fosse na América, mas na Alemanha não estava nada à espera!! Será que a Merkle aprova estas coisas?? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na Alemanha, a prostituição é legal, por isso acho que ela deve desconfiar, que alguém se lembrou de fazer um controle à qualidade da mesma. Agora se aprova ... não sei se ela é dada a estas "brincadeiras" ;)

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Eu li a notícia e de imediato olhei para o calendário. A primeira coisa que me passou pela cabeça foi: isto é a mentira de 1 de Abril do Jornal. :)

      Eliminar
  3. Bom palmilho de cara, jeitosinho de corpo e a frequentar bordeis? Onde é que andam as Alemãs?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahaha ... realmente! Se calhar as alemãs gostam deles feios e a cheirar a cavalo :)

      Eliminar
  4. Oh God! Ahaha é com cada uma... Se isto vira moda não sei não! ahah
    Beijinhos,
    Telma | Fui Eu Que Disse - Blog

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por cá a fiscalização havia de ser bonita! :)

      Eliminar
  5. Convém é que as avaliações se façam como as provas de vinho (bochechar, gargarejar e deitar na pia), quando não chegam ao fim do dia de trabalho com os tomates mais "chupados" do que duas ameixas secas. eheheheheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahahahahaha ... eu acho que esta profissão dá um novo sentido à frase "trabalhar com prazer". ;)

      Eliminar
  6. A "Senhora" na imagem é um bocadinho estranha demais... :/

    Já ninguém usa fotografias interessantes e bem apessoadas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também reparei nisso ... mas alemãs são conhecidas por saírem mais ao lado do pai, do que da mãe e lá está, eles estão a precisar de controlar a qualidade! :)

      Eliminar
    2. Que resposta bem tirada :D

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Fecha a boca que ainda te entra uma ... mosca! :))))

      Eliminar
  8. Lá naszonas das americas tanto do norte cento e sul ainda aceito,agora alemannã?
    Kis :>}

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É do frio ... aquilo tolda o discernimento, mas eleva a qualidade! ;)

      Eliminar
  9. Respostas
    1. E já agora que haja mais candidatos .... assim as meninas têm mais opção de escolha! :)

      Eliminar
  10. ein? Isso não será um trabalhinho mais adequando a um tuga macho latino, não?? eheheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahaha ... aposto que se um português se candidatasse era logo aceite ... nem precisava de saber línguas ou ter a licenciatura. O charme tuga era suficiente! :)))

      Eliminar